geração z no mercado de trabalho

Não é surpresa para ninguém – ou não deveria ser – que a Geração Z está causando um grande burburinho em nossos dias. E no contexto do mercado de trabalho não poderia ser diferente, afinal essa nova geração de profissionais está redefinindo as normas e expectativas de recrutadores e empresas.

Composta por jovens nascidos em um contexto totalmente tecnológico e altamente desenvolvido, a Gen Z é um exemplo perfeito desse cenário em transformação. Por isso, atraí-los e, mais importante, retê-los, se tornou um desafio para muitas organizações. 

A verdade é uma só: essa geração está menos aberta ao modelo de trabalho tradicional e mais exigente quanto a modelos flexíveis de contrato, bem-estar social e tempo de qualidade. Mas e para os times de RH, como lidar com essa nova demanda? 

A seguir, vamos conhecer um pouco mais sobre a Geração Z no mercado de trabalho e os desafios que as empresas terão que encarar para os próximos anos.

O que é a Geração Z?

A Geração Z, muitas vezes referida como Gen Z, é a geração de pessoas nascidas entre 1995 e o início dos anos 2010. Essa geração é a sucessora da Geração Y (os famosos “Millennials”) e é caracterizada por diversas características marcantes:

  • Nativos digitais: A Gen Z cresceu em um mundo completamente digital, cercada por tecnologia desde o nascimento. O acesso à internet, smartphones e mídias sociais faz parte de seu cotidiano, o que a torna altamente conectada e proficiente em tecnologia.
  • Multitarefa: Esses jovens são mestres na arte da multitarefa. Eles frequentemente alternam entre diferentes dispositivos e atividades, como assistir a vídeos no TikTok enquanto conversam no WhatsApp e fazem pesquisas no Google.
  • Valorização da autenticidade: A Gen Z valoriza a autenticidade e a transparência. Ela espera que as empresas e marcas sejam honestas e éticas, e está disposta a apoiar organizações que compartilham seus valores.
  • Preocupação social e ambiental: A sustentabilidade e as questões sociais são temas importantes para a Geração Z. Ela é ativa em causas como mudanças climáticas, igualdade de gênero e justiça social, e espera que as empresas também se envolvam nessas questões.
  • Flexibilidade e equilíbrio trabalho-vida: Diferentemente das gerações anteriores, a Gen Z valoriza a flexibilidade no trabalho. Ela busca um equilíbrio saudável entre trabalho e vida pessoal e valoriza a capacidade de trabalhar de forma remota ou com horários mais flexíveis.
  • Aprendizado contínuo: A Gen Z é ávida por aprendizado e desenvolvimento. Ela está disposta a adquirir novas habilidades e busca oportunidades de crescimento em sua carreira, sem se focar em uma carreira específica.
  • Empreendedorismo: Muitos da Gen Z têm um espírito empreendedor e buscam criar seus próprios negócios, em vez de se apegar a carreiras tradicionais.
  • Comunicação visual: A preferência por conteúdo visual é evidente, com uma inclinação para vídeos curtos, imagens e mídias visuais, como o TikTok e o Instagram.
  • Diversidade e inclusão: A Gen Z valoriza a diversidade e inclusão e espera que as empresas demonstrem um compromisso genuíno com esses valores.
  • Resiliência e adaptabilidade: Essa geração cresceu em tempos de mudanças rápidas e incertezas, o que a tornou mais resiliente e adaptável a novos desafios.

Entender essas características é crucial para as empresas que desejam atrair e reter talentos da Geração Z, bem como se adaptar às suas expectativas no ambiente de trabalho.

A Gen Z traz consigo uma perspectiva única, moldada por seu ambiente e experiências, e as empresas que conseguem incorporar essas perspectivas em suas práticas de RH podem se beneficiar significativamente.

Como atrair e reter talentos da Gen Z? 

Como é possível observar, as características da Geração Z são bem diferentes das gerações anteriores, e isso respinga diretamente nas relações de trabalho. Diante desse cenário, como se preparar para atrair e reter talentos dessa classe etária? 

Engana-se quem pensa que a Gen Z se sente atraída por um ambiente de trabalho descolado, com mesas de sinuca ou cores vibrantes. De acordo com uma pesquisa publicada pelo MIT Sloan School of Management, essa geração pouco se importa com piscina de bolinhas, salas de meditação, jogos, etc.

O que atrai mesmo esse público, de acordo com esse e vários outros estudos, são os seguintes pontos: 

Autonomia e flexibilidade

  • Ofereça horários flexíveis: Permita que os funcionários definam seus próprios horários de trabalho ou ofereça opções de trabalho flexíveis.
  • Possibilidade de trabalho remoto: A Gen Z valoriza a capacidade de trabalhar remotamente, o que proporciona flexibilidade e equilíbrio entre trabalho e vida pessoal.
  • Feedbacks ativos: Proporcione feedbacks regulares e construtivos, demonstrando que a empresa se importa com o desenvolvimento e o crescimento de seus funcionários.
  • Liderança humanizada: Promova uma liderança que seja empática, acessível e que valorize o bem-estar dos colaboradores.

Políticas de diversidade e inclusão

  • Demonstre um compromisso genuíno com a diversidade e inclusão, não apenas com declarações, mas com ações concretas. Isso inclui a promoção de equidade de gênero, igualdade de oportunidades para minorias e um ambiente acolhedor para todos.

Benefícios para além do óbvio

  • Ofereça benefícios que vão além do tradicional: Considere benefícios como auxílio para fortalecimento da saúde mental e física, como acesso a academia, sessões com psicólogos ou terapeutas.
  • Remuneração digna: A Gen Z valoriza salários justos e competitivos, reconhecendo que o trabalho é uma via de mão dupla em que a contribuição deve ser compensada adequadamente.

Processos de trabalho mais ágeis

  • Adote sistemas de recrutamento e seleção digitais: Utilize tecnologia para automatizar os processos de recrutamento, tornando-os mais ágeis e eficientes.
  • Modernize o RH: Garanta que o departamento de RH esteja atualizado com as melhores práticas e tecnologias para atender às expectativas da Geração Z.
  • Realize entrevistas ágeis: Evite processos longos e burocráticos de seleção e opte por entrevistas ágeis que se concentrem nas habilidades e experiências relevantes.

Leia também – Como será o futuro das contratações? Conheça as principais tendências

Valorização do bem-estar

  • Promova um ambiente de trabalho que valorize o bem-estar, permitindo que os colaboradores tenham uma qualidade de vida saudável.
  • Reduza o tempo no escritório: Se possível, permita que os funcionários passem menos tempo em um escritório físico e mais tempo em suas vidas pessoais.
  • Ofereça apoio para o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal: Incentive a desconexão após o expediente e forneça recursos para apoiar o bem-estar mental e físico, como programas de mindfulness ou assistência psicológica.

Conclusão

Ao incorporar elementos modernos e inovadores nas estratégias de atração e retenção de talentos, as empresas estarão em melhor posição para atrair e, principalmente, manter profissionais da Geração Z, que são motivados por valores e expectativas únicos. 

Essa abordagem não apenas ajudará a atrair talentos, mas também a construir uma equipe diversa e dinâmica que pode impulsionar a inovação e o sucesso da empresa.

Conheça o software de recrutamento e seleção da Quickin e agilize o seu processo de atração dos melhores talentos do mercado.

Related Post

Sistema para recrutamento e seleção poderoso e super amigável.

Contate-nos

Email: sales@quickin.io

Rua Estela, 515 – Bloco F – 8º Andar
Vila Mariana, São Paulo, SP
04011-904