Perfil de liderança


Identificar perfis de liderança é um fator relevante para o sucesso das empresas, mas essa pode ser uma tarefa difícil e repletas de armadilhas. Um líder não necessariamente é aquele que fala mais, ou aquele que apresenta um melhor currículo. Líderes são na verdade aqueles que têm a capacidade de comover, inspirar e mobilizar outras pessoas para alcançarem juntas o mesmo objetivo.

Para começo de conversa, devemos salientar que não existe apenas um perfil de liderança, o líder pode ser:

Democrático:

Esse líder busca o máximo de entendimento mútuo e cooperação voluntária entre os indivíduos, no entanto, pode ter dificuldade de se decidir e não apresentar um pulso forte.

Autoritário:

Ele impõe suas próprias decisões e visões durante o trabalho, tende a mobilizar a equipe. Mas essa personalidade pode gerar atritos em alguns contextos, por exemplo, quando alguém apresenta baixo desempenho, o autoritário tende a ser mais crítico, o que gera uma má reputação por parte dos demais colaboradores.

Treinador: 

É aquele que busca extrair o máximo de potencial de cada indivíduo, é bem encorajador para a equipe estar perto desse tipo de líder.  É capaz de lidar com situações adversas de forma positiva e não se abala facilmente. O ponto negativo é que ele costuma insistir com pessoas que não deveriam ocupar alguns cargos.

Inspirador:

Atua de forma independente e presta um bom exemplo de dedicação para a equipe. Porém pode se preocupar apenas com o status e deixar a equipe de lado, além das competições que podem acontecer com colegas que possuem a mesma característica. 

O time de recrutamento deve estar sempre atento na hora de escolher os profissionais, por isso, separamos algumas características que apontam um perfil de liderança durante a seleção:

Alto engajamento nas dinâmicas: 

Ao aplicar os testes e dinâmicas de grupo, observe os candidatos que apresentam um maior engajamento e proatividade para obter melhores resultados durante o processo seletivo.

O candidato deve demonstrar capacidade de gerir recursos, sejam eles humanos, materiais ou de tempo.

Sem empenho em uma tarefa simples como uma dinâmica,  é mais difícil esperar um entusiasmo no dia a dia depois que for contratado.

Pensamento estratégico:

 Um candidato que tem  uma visão a longo prazo será ótimo para a sua equipe, esse tipo de personalidade possibilita que o colaborador lide com grandes projetos. Normalmente sabe negociar tanto com os superiores quanto com seus subordinados, evitando assim desentendimentos na empresa.

Flexibilidade em diversos cenários:

 Boas lideranças conseguem manter a compostura e reorganizar seus planos se algum imprevisto acontecer. Esse perfil tem uma facilidade para se comunicar, observe se o candidato interage e consegue manter o interesse dos demais. Se contratado, com certeza ele irá saber trabalhar em equipe e não terá receio de pedir ajuda se julgar necessário. 

Dedicação ao conhecimento:

Está sempre se aprimorando e procurando formas de otimizar o seu trabalho. Geralmente esse perfil está sempre estudando, com certeza ele terá muito o que contribuir para a equipe. Possui a capacidade de se comunicar de forma objetiva e de fácil entendimento, não só na fala, mas também por outros canais. 

Inteligência Emocional:

O candidato deve demonstrar uma inteligência emocional, pois será de extrema importância em um cargo de liderança onde ele lidará com muita pressão e cobranças.

São poucos os profissionais que possuem o perfil para ocupar cargos de liderança, pois exige muita responsabilidade. Lembre-se, nem sempre um bom colaborador será um bom líder.

Não esqueça de disponibilizar um feedback após a entrevista para os candidatos, para que assim aqueles que não foram escolhidos saibam o porquê e onde precisam melhorar.

Related Post

Sistema para recrutamento e seleção poderoso e super amigável.

Contate-nos

Email: contact@quickin.io

Rua Estela, 515 – Bloco F – 8º Andar
Vila Mariana, São Paulo, SP
04011-904